Resenha: A Fantástica Jornada do Escritor no Brasil

Nome: A Fantástica Jornada do Escritor no Brasil
Autora: Kátia Regina Souza
Editora: Metamorfose
Ano: 2017
Páginas: 178
Skoob

Sinopse:

A Fantástica Jornada do Escritor no Brasil é resultado de entrevistas com 52 escritores de literatura fantástica brasileiros dispostos a compartilhar conselhos, dicas, dores e conquistas. Mais do que isso, Kátia Regina Souza, jornalista e escritora, soube reunir as entrevistas em um texto leve, divertido e prático.

Embora foque na literatura fantástica, aborda de forma franca e clara questões palpitantes do mercado editorial como um todo, como a dificuldade de encontrar uma editora, a publicação independente, as armadilhas a que o autor iniciante está sujeito, as desilusões e as pequenas conquistas, tornando-se um livro fundamental para quem deseja ser escritor ou está começando na carreira.

Resenha

Ao navegar por grupos de escrita no Facebook, sempre me deparo com toneladas de questões típicas de quem está começando a escrever ou está em vias de publicação de seu primeiro romance. Há muitos escritores querendo seguir uma carreira, muitos, porém, ainda verdes, com pouco conhecimento de mercado e formação literária crua. A Fantástica Jornada do Escritor no Brasil, um compilado bem estruturado de entrevistas com autores, editores e pesquisadores relevantes no cenário da literatura fantástica nacional, é uma fonte de conhecimento recomendável não só para autores iniciantes, mas também para qualquer profissional do texto ou interessado que queira conhecer algumas nuances desse mercado.

A Jornada do Herói

A Jornada do Escritor: Estrutura Mítica para Escritores, de Christoher Vogler, que simplifica as etapas da “Jornada do Herói” postulada por Joseph Campbell, em O Herói de Mil Faces, é um guia bastante utilizado por escritores para avaliar a estrutura narrativa e os arquétipos em suas histórias. Tal livro serviu de inspiração para a estrutura de A Fantástica Jornada do Escritor no Brasil. O primeiro capítulo, “Do Mundo Comum ao Chamado à Aventura”, por exemplo, extrai depoimentos de como e quando nasceu o desejo de seguir a carreira de escritor; já o segundo capítulo, “Recusa ao Chamado”, foca no sentimento de desistência que assombra esses escritores diante das dificuldades de se viver de literatura. Todas as entrevistas, bem como a narração, seguem um tom informal, como se presenciássemos uma conversa numa mesa de bar, o que torna a leitura leve e convidativa.

Um seleto grupos de entrevistados

Ana Cristina Rodrigues • Ana Lúcia Merege • André C. S. Santos • André Vianco • Anna Fagundes Martino • Artur Vecchi • Bárbara Morais • Becca Mackenzie • Camila Fernandes • Camila Guerra • Carlos Orsi • Heidi Gisele (Celly) Borges • Cesar Silva • Christopher Kastensmidt • Cirilo Lemos • Clara Madrigano • Claudia Dugim • Clinton Davisson • Cristina Lasaitis • Duda Falcão • Eduardo Kasse • Eduardo Spohr • Eric M. Souza • Eric Novello • Erick Sama • Fábio M. Barreto • Felipe Castilho • FML Pepper • Gianpaolo Celli • Giulia Moon • Helena Gomes • Jana P. Bianchi • Jim Anotsu • Ju Lund • Karen Alvares • Lauro Kociuba • Marcella Rossetti • Marcelo Amado • Marcus Barcelos • Martha Argel • Nikelen Witter • Peterson Rodrigues • R. F. Lucchetti • Regina Drummond • Richard Diegues • Roberta Spindler • Roberto de Sousa Causo • Rodrigo van Kampen • Rosana Rios • Simone O. Marques • Simone Saueressig • Thais Lopes

Se você é um escritor e conhece mais da metade dos entrevistados, significa que está fazendo bem o seu networking. Kátia Regina Souza escolheu os “personagens” desse livro de acordo com os escritores e editoras de literatura fantástica nacional mais relevantes no cenário atual. Eu recomendo muito que pesquise cada um dos nomes e conheça seus respectivos trabalhos.

Livro de cabeceira

Eu arriscaria dizer que esse é o “livro teórico para escritores” mais importante para o escritor de fantasia iniciante (e de outros gêneros também). Com tantos pontos de vistas de gente experiente na área, seu conteúdo abrangente permite que o escritor conheça os desafios de sua jornada e repense as escolhas de sua carreira. Por outro lado, A Jornada do Escritor de Fantasia no Brasil também é fundamental para o escritor de fantasia veterano, afinal, será uma leitura com depoimentos de pessoas que enfrentam os mesmos tipos de sabores e dissabores que ele. Além disso, pesquisadores e editores oferecem um panorama histórico interessante sobre o desenvolvimento da literatura fantástica nacional e suas impressões no mercado editorial. Nesse sentido, a frase que consta na contracapa, da autora Jana Bianchi (que também escreveu o prefácio), resume com precisão a importância desse livro-reportagem:

“Se o escritor brasileiro de fantasia é um herói sempre em jornada (e spoiler: ele é), esse livro com certeza é um mentor.”

Se interessou pelo livro? Clique aqui para adquiri-lo!

Confira também uma lista de outros livros de estudo para a formação de escritores!

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s